Chaves, Feira dos Santos

Feira-dos-Santos-Chaves-2014A Feira dos Santos de Chaves, um dos maiores eventos da região de Trás-os-Montes, realiza-se de  31 de outubro a 02 de novembro e conta com mais de 500 expositores de todo o tipo de produtos.

Organizada pela Associação Empresarial do Alto Tâmega (Acisat), em colaboração com a Câmara de Chaves, o certame “mantém o caráter popular” e espera receber, à semelhança do ano passado, mais de 100 mil visitantes de todo o país e da vizinha Espanha, frisaram.

Durante três dias, os consumidores poderão adquirir, numa extensão de três quilómetros, vestuário, calçado, artesanato nacional e internacional, antiguidades, cutelarias, louças, enchidos, queijos e produtos agrícolas.

O presidente da Acisat, João Miranda Rua, referiu à Lusa que a Feira dos Santos, com um orçamento de 100 mil euros, teve mais de 1.000 inscrições, pelo que cerca de 500 expositores ficaram de fora devido à falta de espaço.

O responsável acredita que a crise económica poderá ter reflexos no volume de negócios dos comerciantes, mas não na afluência de visitantes.

“Há alguns anos, a Feira dos Santos era um certame virado para o mundo rural, na qual os agricultores se reuniam para vender ou comprar produtos da terra e animais”, disse.

Segundo Miranda Rua, a feira, que proporcionou a Chaves um grande desenvolvimento comercial, evoluiu e adaptou-se aos tempos atuais, transformando-se na “feira do ano” e num “ponto de encontro” de amigos.

Este ano, o presidente da Acisat frisou que alguns municípios do Norte do país irão ter um espaço de divulgação no certame.

A par das tendas espalhadas pelas várias artérias da cidade, acontecerá a Feira do Gado, o mercado do gado, a chega de bois, o concurso nacional pecuário das raças Barrosã, Maronesa e Mirandesa, a corrida de cavalos, o festival gastronómico do polvo e a feira da lã.

Pela primeira vez, terá lugar o Concurso Local de Suínos de Raça Bísara.

O presidente da Câmara de Chaves, António Cabeleira, relembrou que Chaves se transforma “completamente” nesses dias, sendo o certame um “importante motor” para a restauração, hotelaria e comércio local.

“A Feira dos Santos é a maior feira de Trás-os-Montes sem qualquer sombra de dúvida e queremos que assim continue, apesar da crise económica”, salientou.

As ruas da cidade serão ainda palco de atuação de bombos, concertinas, gaiteiros, ranchos folclóricos, grupos musicais, tunas e gigantones.

As discotecas e bares locais associaram-se ao certame com a iniciativa “Santos na Noite 2014”, oferecendo entrada gratuita e bebidas a quem apresentar uma pulseira identificativa.

Fonte: http://www.gazetarural.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verificação * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.