São Pedro – o santo popular

Festa-de-São-PedroO dia 29 de Junho comemora-se em Portugal  Dia de São Pedro. Assim como São João e Santo António, São Pedro é um santo popular.

Alguns locais onde se comemora o  S. Pedro

Festas de São Pedro de Porto de Mós

Festas de São Pedro de Felgueiras

Festas de São Pedro do Montijo

Festas de São Pedro de Póvoa do Brazim

 

Tradições de São Pedro

A data é celebrada no mês dos santos populares – Junho, e a tradição manda que a população festeje a data decorando as ruas com várias cores e manjericos. Bailes e marchas populares são organizadas nas ruas e a música está sempre presente.

Na gastronomia, a sardinha assada, o pimento, broa, caldo verde e vinho são os elementos principais da festa.

Festas de São Pedro em Portugal

Algumas cidades celebram o feriado municipal no dia de São Pedro como por exemplo,Póvoa de Varzim, Sintra, Montijo, Castro Verde, São Pedro do Sul, Seixal, Felgueiras e Bombarral.

O apóstolo Pedro, o primeiro Bispo de Roma

São Pedro ou São Pedro Apóstolo foi um dos doze apóstolos de Jesus Cristo, segundo o Novo Testamento e,mais especificamente, os quatro Evangelhos. A igreja católica considera Pedro como o primeiro Bispo de Roma, sendo por isso o primeiro Papa da Igreja Católica e, até hoje, o detentor do mais longo papado da história, cerca de trinta e sete anos.

Segundo a Bíblia, seu nome original não era Pedro, mas Simão. No Evangelho de João,  Cristo mudou o seu nome para Kepha (Cefas em português), que em aramaico significa “pedra”, “rocha”.

A mudança de seu nome por Jesus Cristo, bem como seu significado, ganham importância de acordo com a Igreja Católica, quando Jesus diz: “E eu te declaro: tu és Kepha e sobre esta kepha edificarei a minha Igreja e as portas do inferno não prevalecerão nunca contra ela.” Jesus comparava Simão à rocha.

Cristo, de acordo com a tradição católica, foi o fundador da Igreja Católica, fundada sobre Simão Pedro e sendo-lhe concedido, por este motivo, o título de Príncipe dos Apóstolos.

Pedro foi o primeiro Bispo de Roma. Essa circunstância é importante, pois daí provém a primazia do Papa e da diocese de Roma sobre toda a Igreja Católica; posteriormente esse evento originaria os títulos “Apostólica” e “Romana”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verificação * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.