Vinho do Porto, um vinho de eleição em todo o mundo

Vinho-do-Porto

O vinho do Porto é um dos grandes vinhos clássicos europeus sendo a sua história tão longa como fascinante.

O vinho do Porto é um vinho fortificado. Os vinhos fortificados são feitos mediante a adição de uma porção de aguardente vínica a determinada altura do seu processo de produção. O vinho do Porto é, sem sombra de dúvida, o maior de todos os vinhos fortificados sendo a sua expressão suprema o Porto Vintage, o qual ocupa um lugar de destaque como um dos grandes vinhos icónicos do mundo ao lado dos melhores produtos das grandes regiões vinícolas europeias. No caso do vinho do Porto, a adição da aguardente vínica ocorre antes do vinho ter terminado a sua fermentação. Isto significa que o vinho irá reter a doçura natural da uva, tornando-se rico, redondo e macio na boca.

Um dos aspectos fascinantes do vinho do Porto é a sua variedade de estilos, cada um com os seus próprios sabores característicos, desde o intenso frutado de um Reserva ou de um Late Bottled Vintage à opulência e complexidade de um Tawny de idade ou a imponência sublime de um Porto Vintage. Mais do que qualquer outro vinho, o vinho do Porto oferece infinitas oportunidades de harmonização com a comida. Tradicionalmente é servido no final da refeição com queijo, como um vinho de sobremesa ou como um digestivo, muito embora alguns estilos, como o vinho do Porto branco, também possam ser apreciados como aperitivo. Muitos chefs criativos gostam igualmente de o combinar com os seus pratos principais, sendo também um dos melhores vinhos para acompanhar o chocolate ou um bom charuto. O vinho do Porto é considerado como um dos vinhos mais civilizados e sociáveis pelo que ajudará a tornar especial qualquer ocasião, seja uma noite tranquila em frente à lareira, uma reunião informal de amigos ou uma refeição formal sofisticada.

O vinho do Porto é produzido na acidentada zona montanhosa do Alto Douro, no nordeste de maislonge.comPortugal, uma das mais antigas e belas áreas vitivinícolas do mundo onde se faz vinho há pelo menos dois mil anos. Em 1756, as vinhas do vinho do Porto no Douro tornaram-se a primeira área vitivinícola no mundo a ser legalmente demarcada. Da mesma forma que todos os outros grandes vinhos clássicos, o vinho do Porto deve as suas características únicas e distintas a uma associação única de clima, solo, casta e tradição. O terroir ímpar da região do Douro e os seus excelentes vinhos não podem ser reproduzidos em qualquer outro lugar.

As uvas, principalmente de variedades específicas como a Touriga Nacional, a Touriga Francesa maislonge.comou a Tinta Barroca, são cultivadas nas encostas íngremes e rochosas que bordeiam o rio Douro e os seus afluentes. Muitas das vinhas mais antigas, agora classificadas como Património Mundial, estão plantadas em socalcos estreitos apoiados por muros de pedra construídos à mão.

As primeiras expedições de vinho sob o nome de “vinho do Porto” foram registadas em 1678. Apesar do vinho ser produzido no interior do país, nas vinhas do Alto Douro, este deve o seu nome à cidade costeira do Porto a partir de onde é tradicionalmente exportado. Até meados do século XX, o vinho era transportado desde as vinhas pelo rio Douro em barcos especiais conhecidos por barcos rabelos. O vinho era então descarregado nas caves das casas de vinho do Porto, que estão alinhadas nas ruas estreitas de Vila Nova de Gaia em frente ao centro histórico da cidade do Porto. Aí o vinho era envelhecido, loteado, engarrafado e finalmente expedido.

Muitos dos produtores mais antigos e conhecidos, como a Taylor’s ou a Croft, são de origem inglesa ou escocesa e, ao longo de grande parte da história do vinho do Porto, a Grã-Bretanha foi de longe o seu maior mercado. Contudo,o vinho do Porto é apreciado atualmente em todo o mundo.

 O Museu do Vinho do Porto

O Museu do Vinho do Porto encontra-se instalado no rés-do-chão do armazém do Cais Novo, edifício setecentista, mandado construir para depósito dos vinhos pertencentes à Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro. Este museu é dedicado à importância que o Vinho do Porto e seu comércio tiveram no desenvolvimento da cidade. A história da cidade do Porto não se pode dissociar da história do vinho que a tornou reconhecida em qualquer lugar do mundo. O comércio do Vinho do Porto teve consequências no crescimento cultural, arquitectónico e social da cidade. O Museu procura ser uma memória de todas essas influências e transformações, ao mesmo tempo que transmite ao visitante a história de três Portos que se unem: o Porto cidade; o Porto vinho e o Porto do rio Douro.

Fax222 076 309

 Morada Rua de Monchique, 45 – 52 Porto
Tel. 222 076 300
Email museuvinhoporto@cm-porto.pt
Horário Terça a sábado 10.00-12.30/ 14.00-17.30Domingo 14.00-17.30Encerra às segundas e feriados
Preço 2,06 € Gratuito ao sábado e domingo

As Caves de Vinho do Porto

caves Vinho do Porto

As Caves de Vinho do Porto são um ex-libris português e documentam uma história invulgar de temperança e arrojo. Abertas para visitas todo o ano, conhecê-las é aprofundar conhecimentos sobre o Vinho do Porto. a região do Douro e as cidades de Porto e V.N. de Gaia.

ver mais em http://www.cavesvinhodoporto.com

links diretos para os sites de empresas produtoras de Vinho do Porto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verificação * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.