XIII Festival da Cereja, Resende

31 de Maio e 1 de Junho.

O município de Resende promove em 2014 o mais um  Festival da Cereja  que já leva com XII edições Festival-Cerejas-ResendeO primeiro Festival da Cereja realizou-se no dia 19 de Maio de 2002 e traduziu-se num grande sucesso. Toda a população de Resende mobilizou-se para este evento que marcou um novo ciclo promocional do Concelho e do seu produto de excelência. Nessa 1.ª edição, no Largo da Feira, cerca de meia centena de barraquinhas, especialmente concebidas para o efeito, disponibilizaram aos visitantes toneladas de cerejas. Desde essa data que este festival tem vindo a crescer a atrair visitantes de todo o lado.
Este ano conta com o seguinte programa:
Dia 31 de maio
10h00 – Início da Feira
Venda de Cereja e de produtos de artesanato ligados à cereja (Largo da Feira)
Animação de Rua
– Espalha Animação
– Grupo “As taramelas” da EB2
Animação Musical (Parque Urbano)
– Rancho Folclórico de Santa Maria de Barrô
– Grupo “Resende em Marcha”
– Grupo Social de S. Cipriano
– Rancho Danças e Cantares de S. Cipriano
– Tuna do Externato D. Afonso Henriques
18h30 – Final da Feira
22h00 – Concerto com a Orquestra ligeira de S. Cipriano “A Nova” (Paços do Município)
23h30 – Lançamento de Fogo de Artifício


Dia 1 de junho
10h00 – Início da Feira
Venda de Cereja e de produtos de artesanato ligados à cereja (Largo da Feira)
Animação de Rua
– Espalha Animação
. Grupo de Bombos de S. Martinho de Mouros
Animação Musical (Parque Urbano)
– Academia de Música de Resende
– Grupo “TomVintém e Amigos”
– Grupo de Bombos de S. Romão
– Grupo “RAIO DE SOL”
14h45 – Desfile do Grupo de Bombos de Miomães
15h00 – Lançamento de Morteiros e Cortejo Temático: “Dos direitos da criança aos direitos da cereja”
18h30 – Final do Festival
Mais informações em http://www.cm-resende.pt/559
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo